CONTENT OF PAGE

Privacidade x Isenção na era do Quantified Self

Guilherme Poyares | 01/11/2019

A coleta de dados e uso dos dados é motivo para grande discussão e preocupação sobre a privacidade dos seus dados e que . Existem empresas que não usam os seus dados, existem outras empresas que podem usar seus dados de forma a não poder identificar uma pessoa em particular.

A grande questão será que o uso dos dados será isento? É justo você que não usa nunca seu plano de saúde pagar o mesmo valor de uma pessoa que usa constantemente? É justo você pagar menos por usar menos seu plano de saúde? Isto já acontece com o seguro dos carros, se você não usa o seu seguro a cada renovação você ganha descontos.
É justo você não ser escolhido para uma vaga de trabalho porque seu risco de saúde é maior por causa do seu estilo de vida?

Na empresa que eu tive, a seguradora de saúde cancelou o plano de saúde da empresa porque os funcionários estavam usando em excesso o plano de saúde. É justo?

As empresas podem usar os seus dados coletados para avaliar o seu risco de desenvolver doenças crônicas com grande precisão hoje em dia. E se as empresas tiverem acesso a analise do seu DNA elas podem saber se você tem predisposição a diversas doenças.
Enquanto pode se predizer com boa precisão as doenças que você vai ter através da analise do seu estilo de vida, o mesmo já não é verdade em relação ao DNA.

Existe uma nova área da ciência chamada epigenética que diz que a expressão dos seus genes não é fixa. Que você pode ligar e desligar gens através do estilo de vida.
Uma frase comum nos meios de saúde hoje é os Gens poe a bala na arma e seu estilo de vida é que puxa o gatilho.

compartilhe este post

#vemsecuidar